MENU

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Alvo de denúncia da PGR, Carlos Almeida diz que é inocente e foi apenas ‘confundido’

Investigado por suposto envolvimento em desvio de verbas da Saúde do Amazonas, Carlos Almeida decidiu sair da cena pública assim que as primeiras denúncias vieram à tona
• Publicado em 30 de abril de 2021 – 13:11

MANAUS, AM – Após ser denunciado pela Procuradoria Geral da República (PGR), o vice-governador do Amazonas, Carlos Almeida Filho, divulgou uma nota nessa quinta-feira (30), na qual afirma ter sido “confundido” em meio a um esquema de corrupção, e defende sua inocência.

“Não faço parte da rede de esquemas responsável por fraudes no estado do Amazonas em meio a um dos momentos mais críticos da sua história. Jamais participei, cooptei ou me associei a qualquer ilícito”, escreveu em nota, numa tentativa de dissociar seu nome do governo.

Saiba mais: Carlos Almeida recebeu salário de R$ 107,3 mil, mesmo afastado do cargo de vice-governador

Almeida, que é um dos investigados por suposto envolvimento em esquema de desvio de verbas da Saúde do Amazonas durante a primeira onda de covid-19, decidiu sair da cena pública assim que as primeiras denúncias vieram à tona em março do ano passado.

Contudo, o pedido de afastamento do cargo de secretário da Casa Civil, feito por ele mesmo, não desviou as investigações. Em outubro de 2020, a Polícia Federal (PF) chegou a fazer buscas na casa e no gabinete de Carlos Almeida.

As investigações contra o vice-governador pesam, principalmente, porque o contrato investigado foi firmado por ele, em março de 2019, quando também assumia o cargo de secretário estadual de Saúde. Mesmo assim, Carlos Almeida reforçou na nota que “não é criminoso, nem cúmplice de ninguém”.

Leia também: STJ não vê ‘usurpação de competência’ e nega reclamação de Carlos Almeida contra Chalub

Até  o momento da publicação desta matéria, o governador Wilson Lima não se pronunciou sobre as declarações do vice.

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap