Damares fecha acordo com chapa para ser candidata ao Senado

Ex-ministra é uma das apostas do presidente para ajudar em um eventual segundo governo
DA REDAÇÃO – PORTAL AM1
Publicado em 14/07/2022 10:05

Brasília, 14 (AE) – O cenário eleitoral no Distrito Federal sofreu mais uma reviravolta nesta quarta-feira, 13. A pastora evangélica Damares Alves (Republicanos), ex-ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos do presidente Jair Bolsonaro (PL), fechou aliança para ser a candidata a senadora na chapa do governador Ibaneis Rocha (MDB), pré-candidato à reeleição, com a deputada federal Celina Leão (PP) na vice.

Na prática, a costura quebra o acordo firmado há meses entre Ibaneis e Flávia Arruda (PL), pré-candidata a senadora, que tem o marido José Roberto Arruda (PL) como potencial candidato a governador. É Arruda o nome preferido do presidente Jair Bolsonaro (PL) para o cargo.

Leia mais: Ele não desiste: ex-aliado de Lula e crítico de Bolsonaro, Ciro Gomes tenta ser presidente

Selado em almoço, o pacto entre Damares, Ibaneis e Celina foi negociado pelo presidente do Republicanos, Marcos Pereira, e pelo presidente do Progressistas, o ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira. Ibaneis foi pressionado pelos agora aliados a trocar Flávia por Damares em meio à indefinição de Arruda sobre ser candidato ou não ao governo do DF. Ele retomou os direitos políticos na última quarta-feira, quando o presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Humberto Martins, anulou as duas condenações restantes do ex-governador.

Apesar da preferência de Bolsonaro por Arruda, Ciro Nogueira afirmou nesta quarta-feira que a chapa Ibaneis-Damares é próxima ao presidente. “Não tenham dúvida que a presença dos Progressistas e de Damares cria vínculo que é umbilical com o nosso presidente Jair Bolsonaro. Nenhuma candidatura no País inteiro é de uma pessoa tão próxima ao presidente e à primeira dama”, disse o ministro no evento para formalizar a aliança, em referência à ex-titular do Ministério da Mulher. Procurado pelo Broadcast Político, , sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, para esclarecer se Bolsonaro deu aval à aliança, Ciro Nogueira não respondeu.

Compartilhar:
Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

+ NOTÍCIAS