Direção do PSDB diz que Plínio Valério sempre soube que Amazonino era o preferido: ‘ele foi informado’

"Temos o maior respeito pelo senado Plínio Valério, mas ele foi informado tão logo o Amazonino Mendes se filiou ao partido, que seria o nosso candidato, pois sempre é citado nas pesquisas, enquanto que Plínio Valério se quer aparece nas intenções de voto", destaca Elcy Barroso
CONCEIÇÃO MELQUIADES – PORTAL AM1
Publicado em 02/06/2022 05:00
Fotos; Divulgação|Montagem

MANAUS – Definida e oficializada a federaçã, o PSDB-Cidadania confirmou o candidato das siglas partidárias a governador do Amazonas, o ex-prefeito de Manaus e ex-governador Amazonino Mendes (Cidadania), que vai contar com o apoio das siglas. Derrotado na disputa interna, o senador Plínio Valério (PSDB-AM) disse ao AM1 que a “direção do PSDB entregou nossa candidatura em troca dez outras que o Cidadania podia exigir. Na hora certa vou me posicionar. Tenho que pensar sobre isso”.

Leia mais: ‘Prefiro ignorar’, diz Amazonino sobre ataques de Plínio Valério

No entanto, o presidente do Diretório Estadual, Elcy Barroso Júnior, destacou que o senador Plínio Valério, desde que apontou interesse em ser candidato para governador pelo Amazonas, sabia que embora a diretoria Nacional o apoiasse, no Estado, sempre a preferência foi pelo Candidato Amazonino, que sempre apareceu nas pesquisas.

Foto: Divulgação| Facebook

Leia mais: ‘Esperar pra ver’, alfineta Plínio Valério após Amazonino anunciar festa de pré-candidatura

“Temos o maior respeito pelo senado Plínio Valério, mas ele foi informado tão logo o Amazonino Mendes se filiou ao partido, que seria o nosso candidato, pois sempre é citado nas pesquisas, enquanto que o senador Plínio Valério se quer aparece quando há realização das pesquisas por intenção de votos ao Governo do Estado. O critério foram as pesquisas e ainda o fato de que Plínio ainda está na metade do mandato como senador,” frisou Elcy Júnior.

Leia mais: Arthur lança pré-candidatura, joga indiretas e ironiza Plínio Valério: ‘que ele seja feliz’

Elcy Barroso disse ainda, que mesmo com todas as informações verbalizadas, no dia 17 de maio foi enviada uma carta pelo presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo, para formalizar a decisão da diretoria.

Bruno Araújo é o presidente Nacional do PSDB 

A carta enviada pelo presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo, ao senador Plínio Valério, que pleiteava disputar o governo do Estado pelo partido tucano, justificou que a decisão veio após analisar o quadro político no Amazonas, o PSDB decidiu por unanimidade aprovar o nome de Amazonino, que é filiado ao Cidadania. “O candidato indicado pelo Cidadania (Amazonino) apresenta-se como favorito em todas as pesquisas eleitorais divulgadas até o momento”, diz um trecho da carta.

A carta foi divulgada nas redes sociais no dia 31/05, pelo senador tucano Izalci Lucas, que vai concorrer ao governo do Distrito Federal.

A federação entre as siglas foi aprovada em 26 de maio. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou o pedido das legendas, feito em 11 de maio.

Relacionamento é tranquilo no Amazonas

O presidente do Cidadania, Elcy Barroso Júnior, destacou que sua relação com o presidente do PSDB-AM, Arthur Vígilio Neto, é bastante tranquila e equilibrada.

A federação manterá como marca as siglas PSDB/Cidadania e, a princípio, seguirá o direcionamento da federação nacional, que também apoia o nome da pré-candidata à Presidência, Simone Tebet.

“A federação não obriga a formação nos Estados , nem nos municípios, mas temos do dia 20 de julho até 5 de agosto para estudar quem deverá assumir a presidência da federação local, mas tudo muito equilibrado. Os demais nomes que devemos apontar para o demais cargos desta eleição de 2022 também serão divulgados até a data limite. Até lá, tudo será conforme o estatuto e na maior relação de respeito com o nosso pré- candidato ao senado que é Arthur Neto”, pontuou Elcy Barroso.

Leia mais: Federações partidárias no AM: legendas assinam “casamento” de quatro anos e prometem harmonia

A princípio, além de Amazonino como candidato ao Governo, Artur candidato ao Senado, uma chapa de nove nomes para deputado federal e 25 nomes para deputado estadual devem ser concorrer nas eleições 2022. “Tá tudo 50%”, frisou Elcy.

Com o gesto público do presidente Bruno Araújo, encerram-se as dúvidas a respeito da candidatura de Amazonino dentro da federação.

Compartilhar:
Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

+ NOTÍCIAS