Manaus, 29 de maio de 2024
×
Manaus, 29 de maio de 2024

Cenário

Em movimento atípico para fim de ano, vereadores voltam a dar as caras na CMM

38 dos 41 vereadores marcaram presença em todas as sessões após a rejeição a um pedido de empréstimo.

Em movimento atípico para fim de ano, vereadores voltam a dar as caras na CMM

David Almeida (Foto: Divulgação/Semcome CMM)

Manaus (AM) – Em uma realidade atípica para o que normalmente acontece às vésperas do fim de ano e do período de recesso legislativo, que sucede durante todo o mês de janeiro, os vereadores da Câmara Municipal de Manaus têm comparecido mais às sessões ordinárias – movimento visto ainda mais após a rejeição ao empréstimo de R$ 600 milhões da Prefeitura de Manaus.

A princípio, a primeira sessão plenária, logo após a rejeição ao empréstimo no dia 13 de novembro, todos os 41 vereadores da 18ª legislatura estiveram presentes. A discussão que prevaleceu na sessão não poderia ser outra: a rejeição ao empréstimo pela maioria da Casa.

Dados consultados pelo Portal AM1 no dia 24 de novembro no Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL) mostram que ocorreram quatro sessões ordinárias após a sessão marcada pela rejeição ao pedido de empréstimo. Desde então, apenas três dos quarenta e um vereadores estiveram ausentes em duas sessões. São eles: David Reis (Avante), Jander Lobato e Thayssa Lipy (Progressistas).

A Câmara Municipal de Manaus vive a expectativa da votação de um novo pedido de empréstimo feito pela prefeitura. Nessa semana, em Brasília, o prefeito David Almeida (Avante) disse que um novo pedido de empréstimo, dessa vez, de R$ 580 milhões, foi feito para a apreciação da Câmara.

“O projeto ficou pronto. São R$ 580 milhões. Uma nova proposta que nós estamos enviando para que possa ser deliberada, apreciada e votada pelos vereadores, dirimindo todas as dúvidas que foram levantadas na primeira apresentação da proposta”, afirmou David, em entrevista a TVs do Amazonas no dia 21 em Brasília.

A reportagem do AM1 procurou o presidente da Câmara Municipal, vereador Caio André (Podemos) na manhã de quarta-feira (24) para saber se o novo pedido de empréstimo foi protocolado. Segundo Caio André nada foi protocolado até a manhã.

“Não houve nenhum pedido de empréstimo protocolado!” disse Caio André ao Portal AM1.

O Portal AM1 também procurou o líder e vice-líder do prefeito na CMM, os vereadores Fransuá (PV) e Gilmar Nascimento (Avante), mas até o fechamento da reportagem não tivemos um retorno.

LEIA MAIS: