Ferraz posta foto todo molhado em canoa, mas população de Iranduba critica: ‘só quer mídia’

O que era para ser uma ação terminou em alvo de críticas da população de Iranduba, que cobrou serviços do prefeito Augusto Ferraz
Camila Duarte – Portal AM1
Publicado em 12/04/2022 13:09
Foto: Reprodução

Manaus, AM – Com a intensidade das chuvas e o nível dos rios subindo a cada dia, a população tem ficado em alerta para mais uma enchente. O prefeito de Iranduba, Augusto Ferraz, (DEM), no entanto, decidiu vistoriar as áreas já atingidas pela cheia de um modo diferente e compartilhou as ações nas redes sociais como forma de provar que está preocupado com a cidade.

De canoa, o prefeito percorreu as áreas afetadas pelos rios, junto à Secretaria de Assistência Social do município. A tática de postar foto em canoa não é novidade para ele.

Leia mais: Deputados estaduais do AM gastam R$ 224 mil em viagens nacionais e internacionais

Desta vez, nas redes sociais, o prefeito decidiu usar Deus para justificar as ações e mostrar que está empenhado em fazer o melhor por Iranduba. “Deus vai na frente, abrindo o caminho, quebrando as correntes, tirando os espinhos, ordena os anjos para contigo lutar”, escreveu na legenda da publicação. Só que nem todo mundo aprovou.

O Rio Negro já mede 27,87 metros e as águas chegam próximo às residências de comunidades ribeirinhas, o que necessita de atenção. Apesar da tentativa de se mostrar ativo na administração, a população não perdoou e encheu de comentários na publicação.

Além das diversas cobranças por melhorias na infraestrutura, Ferraz foi acusado pela população de estar procurando mídia com as fotos remando a canoa – o chamado populismo.

Os internautas também fizeram uma montagem do prefeito, com todas as promessas de campanha ditas por ele antes de ser eleito. O meme teve a participação do vice-prefeito Robson Adriel.

Outro lado

O Portal AM1 entrou em contato com a Prefeitura de Iranduba para questionar as demandas comentadas pela população nas redes sociais do prefeito Augusto Ferraz. Por meio da assessoria, a prefeitura informou que reconhece que o município tem problemas de infraestrutura.

“Temos tido muitas chuvas, mas não podemos melhorar os ramais e colocar asfalto de baixo de chuva. Muitas vezes tem ficado pior, e a prefeitura tem feito as intervenções em alguns locais e essas intervenções tem sido feitas, por vezes, até pelos moradores, e tem ficado pior do que já estava, porque vem a chuva e acaba dificultando a trafegabilidade.”

A prefeitura ainda ressaltou que está trabalhando na elaboração de projetos para a melhoria dos ramais e asfaltamento do quilômetro 6, como Comunidade São Sebastião, Comunidade São Francisco e outras adjacentes, até a estrada do Janauari. Além de projetos para o asfaltamento da Vila do Janauari e da Comunidade Serra Baixa.

Leia mais: Avante usa Câmara de Manaus para filiar, homenagear e destacar aliados de David Almeida

“Tem muitos projetos em andamento, porém, o prefeito Augusto Ferraz assumiu no ano passado e enfrentou uma pandemia, além da maior cheia de todos os tempos, e também as dívidas astronômicas herdadas por ele. Isso tudo dificultou, e as pessoas, infelizmente, acham que as coisas têm que acontecer na velocidade que a gente espera”, afirmou.

A assessoria ainda ressaltou que os serviços públicos precisam cumprir os procedimentos legais, como licitações. “Isso tudo acaba atrasando e dificultando os trabalhos. Mas, o que não falta por parte da prefeitura é competência, compromisso, uma equipe técnica capacitada para elaborar projetos de domingo a domingo”, destacou.

A prefeitura também afirmou que possui um pacote de obras de R$ 15 milhões para asfaltamento dos bairros Graça Lopes, Novo Amanhecer e Morada do Sol, lançado pelo Governo do Estado do Amazonas, mas que a execução tem encontrado dificuldades por conta das chuvas.

Leia mais: Gloria Carrate se cala e não comenta críticas sobre ‘Lei das sacolas plásticas’

“Infelizmente, o prefeito Augusto Ferraz pegou uma prefeitura endividada e muitas demandas a serem atendidas. Às vezes, as pessoas querem que tudo aconteça de uma só vez e, infelizmente, não é possível. Não somos mágicos, por mais que tenha competência, compromisso, vontade de fazer, mas o prefeito tem compromisso”, disse.

A assessoria ainda reforçou que a ação de visitar ribeirinhos em áreas afetadas pela enchente não é de hoje, mas que, desde o início da gestão, Ferraz tem visitado pessoalmente as comunidades.

“A questão de ir para as comunidades e verificar a situação dos ribeirinhos, não é de agora. Desde o começo do mandato ele vai pessoalmente, ele e o vice-prefeito. Não tem nada de mídia. Mídia, é claro, todo mundo tem que divulgar aquilo que faz, mas a intenção não é essa, até porque o prefeito não é candidato agora a nada, ele está no exercício do mandato e tem o compromisso de trabalhar pelo Iranduba”, destacou.

Prefeito de Manicoré quer desembolsar mais de R$ 3 milhões com publicidade e viagens

Compartilhar:
Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

+ NOTÍCIAS