Oseney e Amarildo contaram à PF que tiveram ajuda para matar Dom e Bruno

Embarcação das vítimas foi afundada no rio.
DA REDAÇÃO – PORTAL AM1
Publicado em 15/06/2022 20:52

A Polícia Federal está à procura de um terceiro suspeito pelas mortes de Dom Philips e Bruno Pereira. Os irmãos Oseney da Costa de Oliveira e Amarildo na Costa de Oliveira, o ‘Pelado’, contaram durante a confissão que um terceiro comparsa deu os tiros que, de acordo com eles, acabaram com a vida das vítimas em Atalia do Norte.

O superintendente da Polícia Federal (PF) no Amazonas, Alexandre Fontes, contou, nesta quarta-feira (15) durante coletiva de imprensa, que as investigações em torno do caso continuam. “Não descartamos a participação do terceiro elemento”, mas diz que não pode falar nada, para não atrapalhar o trabalho.

A embarcação das vítimas foi afundada, mas já foi localizada e será resgatada nesta quinta-feira. De acordo com o delegado da Polícia Civil, Guilherme Torres, após 1h40 de lancha os agentes andaram 25 minutos na mata para encontrar os corpos, sempre guiados pelos réus confessos.

Leia mais: Dom e Bruno: tiros, esquartejamento e corpos queimados; PF procura terceiro suspeito

Leia mais: PF confirma que corpos de Dom Philips e Bruno Pereira foram encontrados: ‘crime brutal’

Leia mais: Vídeo: Bolsonaro afirma que jornalista inglês era ‘malvisto’ no Amazonas

Compartilhar:
Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

+ NOTÍCIAS