Manaus, 24 de maio de 2024
×
Manaus, 24 de maio de 2024

Cenário

Candidato de Lula, Marcelo Ramos lidera rejeição em Manaus

Conforme o estudo, 50,0% dos entrevistados na capital amazonense 'não votariam de jeito nenhum' em Marcelo Ramos.

Candidato de Lula, Marcelo Ramos lidera rejeição em Manaus

Presidente Lula e Marcelo Ramos (Foto: Reprodução/Redes sociais [email protected])

Manaus (AM) – A pouco mais de quatro meses para as eleições municipais de 2024, a pesquisa divulgada pelo ‘Instituto Direto ao Ponto’, nesta quarta-feira (8), mostra que o candidato do presidente Lula (PT) a prefeito de Manaus, o ex-deputado federal Marcelo Ramos (PT), aparece como o mais rejeitado pelos eleitores para assumir a cadeira de David Almeida (Avante).

Pelo estudo, realizado em Manaus, no período de 1º a 5 de maio, 50,0% dos entrevistados na capital amazonense “não votariam de jeito nenhum” em Marcelo Ramos.

O escolhido de Lula, que já passou por partidos como PL e PSD, teve que derrubar, internamente, outros cinco nomes da sigla: Anne Moura (secretária nacional de mulheres do PT); o também ex-deputado federal José Ricardo; o vereador Sassá da Construção Civil; o deputado estadual Sinésio Campos (presidente do PT no Amazonas) e Valdemir Santana (presidente do diretório municipal).

O ex-vice-presidente da Câmara dos Deputados, que teve seus momentos de glória, em Brasília, tem se esforçado para defender o legado de Lula, conforme declarou. Marcelo, inclusive, afirmou ter sido escolhido por ser o nome potencialmente melhor para exercer a função.

No entanto, Marcelo Ramos tem deixado de apresentar suas propostas para a cidade, que, nas últimas eleições presidenciais, escolheu apoiar Jair Bolsonaro (PL) com mais de 60% dos votos válidos, deixando para trás o atual presidente.

Pesquisa de índice de rejeição de pré-candidatos à Prefeitura de Manaus (Foto: Reprodução/ Instituto Direto ao Ponto)

Cenário

De fevereiro a maio deste ano, conforme o estudo, foram publicadas nove pesquisas (por sete institutos diferentes) que indicam reviravoltas no cenário da disputa eleitoral em Manaus.

 

LEIA MAIS: