Manaus, 24 de abril de 2024
×
Manaus, 24 de abril de 2024

Cenário

‘Falta transparência’, diz presidente da CMM sobre pedido de empréstimo da Prefeitura

O presidente da Câmara deu o voto decisivo ao desempatar a votação, em plenário, que rejeitou o pedido de autorização de empréstimo de R$ 600 milhões para a gestão de David Almeida.

‘Falta transparência’, diz presidente da CMM sobre pedido de empréstimo da Prefeitura

Caio André assume a direção do Podemos municipal (Foto: Divulgaçâo)

Manaus (AM) – O presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereador Caio André (Podemos), disse ao Portal AM1 que votou contra o pedido de empréstimo de R$ 600 milhões, feito pelo prefeito David Almeida (Avante), devido à falta de transparência na solicitação.

O parlamentar– responsável pelo voto decisivo após um empate na eleição em plenário – foi questionado pela reportagem sobre seu posicionamento contrário e se essa decisão estava relacionada a considerações políticas para as eleições de 2024.

“Da minha parte, em nada tem a ver com o pleito vindouro. Simplesmente nem na mensagem do Executivo vieram as informações necessárias para respaldarmos nosso voto. Não há transparência nos recursos empregados nos outros empréstimos”, ressaltou o presidente.

O pedido, apresentado por meio do Projeto de Lei (PL) de Nº 603/2023, alegava que os recursos do empréstimo seriam destinados a investimentos em infraestrutura urbana e tecnológica em Manaus.

Ao término da votação acirrada, foram registrados 20 votos contrários à solicitação de empréstimo ao Banco do Brasil e 19 a favor do pedido. A votação evidenciou uma divisão crescente na Casa legislativa.

LEIA MAIS: