Manaus, 20 de maio de 2024
×
Manaus, 20 de maio de 2024

Cenário

Vereador quer atuar como deputado ao cobrar Governo e esquece Prefeitura

Gilmar Nascimento pertencia ao partido DEM, que fez fusão com o PSL, hoje União Brasil, se desfiliou após desavenças e se abrigou no Avante, de David Almeida.

Vereador quer atuar como deputado ao cobrar Governo e esquece Prefeitura

(Foto: Robervaldo Rocha/CMM)

Manaus (AM) – O vereador Gilmar Nascimento (Avante), vice-líder do Prefeito de Manaus, David Almeida, parece que quer atuar como deputado estadual. Isso porque, nesta quarta-feira (17), o vereador que está no sexto mandato usou a tribuna da Câmara Municipal de Manaus (CMM) para, segundo ele mesmo, dar voz aos concurseiros aprovados e não chamados pelo governador do Amazonas, Wilson Lima.

Hoje subi à tribuna mais uma vez para dar voz aos concurseiros aprovados e não chamados! É inaceitável que talentos esperem indefinidamente por uma oportunidade. Nosso compromisso é com a meritocracia e a justiça”, escreveu Gilmar, na rede social, após o expediente na CMM.

A atitude do vereador pode ser vista como uma forma de atacar o pré-candidato apoiado pelo governador do estado, o deputado estadual Roberto Cidade (União Brasil).

Vale lembrar que Gilmar Nascimento, que antes era do partido DEM, não conseguiu se reeleger na eleição de 2020. Porém, ele entrou com uma ação contra o colega dele, Sandro Maia, acusando o correligionário de abuso de poder econômico. A denúncia foi acatada pelo Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM), que cassou Maia em 2022. Gilmar Nascimento assumiu a vaga como suplente.

Já em 2023, após fusão do DEM com o Partido Social Liberal (PSL), Gilmar, automaticamente se tornou filiado ao União Brasil. Mas se desentendeu com as lideranças do partido, à época, e na calada se filiou ao Avante, e se encostou na aba de David Almeida.

A aproximação com o prefeito também lhe garantiu a presidência da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR), assim como também a vice-liderança na base do prefeito.

No vídeo, Gilmar Nascimento diz que nunca brigou com ninguém e que nunca atacou nenhum cidadão, porém, ele entrou com um processo contra Marcio Daniel, morador do Parque Dez, zona Centro-Sul de Manaus.

“Daniel Rei”, nome que Márcio usa em seu perfil do Facebook, conta que também administra, foi processado pelo vereador por cobrar ações de melhorias ao Centro Social Urbano do Parque Dez.

Além de exigir do cidadão uma indenização de R$ 52 mil por danos morais, ele exige um pedido de desculpas.

Talvez esteja na hora do vereador Gilmar Nascimento começar a trabalhar na função que lhe foi incumbida, ouvir as demandas dos cidadãos, cujo cargo ele brigou para ocupar.

 

 

LEIA MAIS: