Manaus, 22 de abril de 2024
×
Manaus, 22 de abril de 2024

Cenário

Na tribuna, Gilmar Nascimento defende David Almeida após falas sobre religião

“O prefeito David Almeida é cristão, respeitem os cristãos”. Foi assim que o vereador Gilmar Nascimento (Avante) começou seu discurso, repudiando o discurso do vereador da oposição na CMM.

Na tribuna, Gilmar Nascimento defende David Almeida após falas sobre religião

(Foto: Divulgação/CMM)

Manaus (AM)- Após um pronunciamento do vereador Rodrigo Guedes (Podemos), na manhã desta terça-feira (26), o parlamentar da base do prefeito, Gilmar Nascimento (Avante), subiu até a tribuna para pedir mais respeito ao prefeito de Manaus, David Almeida (Avante).

O desconforto do parlamentar começou após Rodrigo Guedes (Podemos) dizer que o prefeito era um falso cristão. Gilmar Nascimento (Avante) ainda pediu ao presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), Caio André (Podemos), que fossem retirados da taquigrafia da Casa os termos referentes aos cristãos e discursos nos quais se falava que era preciso bafômetro e exames toxicológicos a fim de verificar quem chegava ao plenário bêbado ou drogado.

Gilmar Nascimento afirmou que se sentiu ofendido pelos termos usados pelo colega ao se referir aos cristãos. Ele disse que queria pedir à Mesa Diretora, conforme os artigos para manutenção da ordem e respeito e austeridade das reuniões, que sejam observadas as seguintes regras: “ [..] inciso 7º diz que nenhum vereador poderá referir-se à Câmara ou a qualquer de seus membros ou de forma geral, chefes e membros dos Poderes de forma descortês”.

“Peço que seja retirado da nossa ata e dos registros algumas falas como que essa Casa precisa ter um bafômetro ‘pra’ [sic] saber quem está bêbado; precisa fazer exame toxicológico pra saber quem está drogado nessa Casa, porque isso me atinge. E eu, nem fumar, fumo. Eu não fumo e não uso drogas, e me senti agredido, senhor presidente, porque está passando dos limites!”, disparou.

O vereador exigiu o pedido de respeito às religiões e também afirmou que a população busca vereadores equilibrados e respeitosos: “Também retirar dos registros quando diz que o prefeito David é um falso cristão. Agora, temos Deus nessa Casa, que se arvora. Deus para julgar as pessoas e dizer que o David é um falso cristão. O David é cristão e a gente precisa respeitar os cristãos. Respeitar todas as religiões desta Casa. As religiões são para ser respeitadas. O prefeito é ‘pra’ [sic] ser respeitado. Fico muito triste de ver isso aqui e a gente não tomar nenhuma providência no sentido de alertar os colegas que eles são vereadores e representantes do povo de Manaus. E o povo de Manaus sonha com representantes que sejam equilibrados e respeitosos!”, cobrou.

Em resposta ao vereador, o presidente Caio André informou que iria atender à solicitação de Gilmar Nascimento e atendeu ao pedido do “nobre colega de Casa”.

 “Peço que retirem nas notas taquigráficas as expressões, exames toxicológicos, bem como bafômetro e assim como a expressão que o prefeito não é cristão”, disse.

Num pedido de questão de ordem, Rodrigo Guedes também se manifestou e falou ao presidente Caio André, sem revelar nomes, que há vários meses “alguns vereadores” têm falado que “vereador não tem valor nenhum”, e que têm que procurar tratamento. Conforme Guedes, as falas não foram retiradas.

“Agora, de repente, a gente não pode se expressar. Então, presidente,  a gente não pode ter dois pesos e duas medidas. Esse tipo de situação tem que ser coibida, até porque, só rebati o que foi imputado a mim. Na verdade, nesse exato momento. Não podemos toda vez ficar assistindo a esse tipo de espetáculo lamentável. Vereador xingando e ofendendo todo mundo e não cita o nome para não dar direito de resposta”, enfatizou.

 

LEIA MAIS: