Manaus, 23 de abril de 2024
×
Manaus, 23 de abril de 2024

Cenário

Partidos podem perder seus representantes na CMM nesta janela eleitoral

Alguns partidos que possuem apenas um vereador podem perder a representatividade dentro da CMM com as mudanças no jogo político.

Partidos podem perder seus representantes na CMM nesta janela eleitoral

Partidos podem perder seus representantes na CMM nesta janela eleitoral (Foto: Reprodução/CMM/Montagem Portal AM1)

Manaus (AM) – Com a abertura da janela partidária se aproximando, quando os vereadores da Câmara Municipal de Manaus (CMM) começam a realizar suas movimentações no jogo eleitoral, alguns partidos podem perder os seus atuais representantes na Casa legislativa.

O Portal AM1 realizou levantamento no dia 27 de fevereiro e observou que nove legendas estão ameaçadas de perderem suas cadeiras no Parlamento municipal, visto que os vereadores podem mudar de sigla sem perder o mandato durante a janela partidária. Confira:

  • Partido Verde (PV) – Fransuá Matos
  • Partido dos Trabalhadores (PT) – Sassá da Construção Civil
  • Partido da Mulher Brasileira (PMB) – Ivo Neto
  • Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB) – Yomara Lins
  • Movimento Democrático Brasileiro (MDB) – Mitoso
  • Partido Comunista do Brasil (PCdoB) –  Jaildo Oliveira
  • Solidariedade – Bessa
  • Agir36 – Peixoto
  • Partido Social Brasileiro (PSB) – Marcelo Serafim

Se qualquer um desses vereadores decidir mudar de partido na janela eleitoral, a sigla perderá a representatividade na Câmara Municipal, o que pode enfraquecer as siglas na corrida eleitoral.

Bastidores

Informações dos bastidores políticos dão indícios de possíveis movimentações, como, por exemplo, a representatividade do PT na Casa. O vereador Sassá tem sido alvo de críticas dentro do partido, que tem ao menos quatro prefeituráveis, incluindo o vereador. Apesar de Sassá afirmar que ele é a liderança petista mais forte, sua cadeira está ameaçada.

Aguardando um processo que pode cassar o seu mandato, o vereador Peixoto foi procurado na segunda-feira (27) pela reportagem do Portal AM1, na Câmara, porém, ao ser questionado sobre a sua permanência no Agir36, o parlamentar não quis se posicionar e por meio da assessoria disse que estaria aguardando a decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM).

Já o vereador Jaildo Oliveira, do PCdoB, pode deixar a sigla, fazendo com que o partido comunista fique sem representatividade no Parlamento e migrar para o Partido Verde (PV), mas a movimentação ainda deixa Jaildo dentro da federação PT, PV e PCdoB, sendo o parlamentar com maior força nas urnas comparado com os outros dois vereadores da federação.

Caso aconteça a troca de partido, o vereador Fansuá, ex-líder do prefeito David Almeida (Avante) na Casa, poderá continuar na legenda ou buscar outro partido, porém, com atualmente uma cadeira na CMM, as chances do PV fazer dois vereadores nesse pleito são mínimas.

Em novembro de 2023, Mitoso deixou o PTB e migrou para o MDB, assumindo a liderança do partido na Casa. Mitoso não demonstra interesse em deixar a sigla tão rápido, pois aposta no partido do senador Eduardo Braga para garantir mais um mandato. Vale lembrar que o MDB não elegeu nenhum vereador em 2020.

Ivo neto deixou o Patriota em dezembro de 2023 e se filiou ao PMB, ato que foi prestigiado até por Roberto Cidade (UB), presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), uma demonstração de força partidária.

Questionados

O Portal Am1 questionou os vereadores sobre as suas permanências em seus atuais partidos e sobre as possíveis mudanças de siglas nesta janela partidária, porém, nenhum parlamentar respondeu às demandas enviadas pela reportagem.

LEIA MAIS: